26 maio 2016

Se conselho fosse bom não seria dado e sim vendido - Concordam com a frase?

OI GENTEMMM, obaaaaa, dia de dicas no TROCA de livros (aplausos) e para iniciar começarei com uma frase popular, “Se conselho fosse bom não seria dado e sim vendido”. Já ouviram esta frase? Concordam ou não?

Então, ao passear por livrarias percebemos que muitos concordam com esta frase, pois o que é visto de livros de autoajuda nas prateleiras ou telas de vendas, não esta no gibi.

Ai vem a pergunta mais uma vez, por que estes livros são tão presentes nas listas dos leitores ou até mesmo dos não leitores?

Vamos entender primeiramente o significado desta palavra que, segundo a nova regra da língua portuguesa, não se escreve mais auto-ajuda e sim autoajuda, isto mesmo, o correto é “AUTOAJUDA”, sem hífen ( - ), “não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal com que se inicia o segundo elemento”.

Segundo o dicionário o significado da palavra autoaujda é:
    Conjunto de técnicas, orientações, informações ou práticas que se destinam à resolução de problemas de caráter psicológico através dos recursos do  próprio indivíduo.

   Prática baseada na utilização de seus próprios meios intelectuais para obter seus objetivos, metas ou solucionar problemas de cunho emocional, pessoal ou psicológico.

Assim começamos a entender o porquê da venda exacerbada destes livros, perceberam que a autoajuda é como uma receita de bolo?

- Só é preciso utilizar as técnicas e orientações dos seus próprios meios intelectuais que obterá assim a meta desejada ou alcançará a solução dos problemas, seja nos conflitos econômicos, sociais, amorosos, familiares, religiosos ou pessoais (Ana Paula Silva Crispim)

E quem não deseja isto não é mesmo? 

Mas, não estamos aqui para discutir se esta receita do bolo realmente da certo ou não, mas como bons leitores que somos sabemos que o prazer e a influência da leitura em nossas vidas variam-se por diversos aspectos, situações vivenciadas e entrega pessoal a leitura.


Chegamos ao momento das dicas, continue por aqui para receber 05 dicas imperdíveis relacionados aos livros de autoajuda.    

                                                      1ª DICA:
                                                         Imagens do google. 
  • Segundo pesquisa realizada os tão comentados livros ficaram em 8ª e 9ª lugar.
                                                   Imagens do google. 
                       2ª DICA: Sites para baixar livros de autoajuda gratuitos: 
·        Le Livros
·        Multiajuda
·        Coisas da weby

                                                        3ª DICA: 


Imagens do google. 



Imagens do google. 


Estas são as dicas da semana, as referências das consultas estão linkadas nas descrições de cada dica. 

Percebo que já li bastantes livros de autoajuda e você, já leu algum? 

Qual a sua opinião sobre estes livros, conte para nós sua opinião e sua experiência com esta leitura.

Até mais.
                     Ana Paula Silva Crispim

Comente com o Facebook:

46 comentários:

  1. Concordo com a frase
    Ameeei o post,Beeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jamille, que bom te-la por aqui.
      Bjs

      Excluir
  2. Eu adoro o blog da Isabela freitas, mas ainda não tive oportunidade de ler os livros dela, falam muito bem deles, qualquer dia vou comprar.

    beijos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dani, também não tive a oportunidade de lê-los ainda, estou com uma lista grande na fila, kkkkk mas breve, breve irei lê-los.
      Abraços

      Excluir
  3. Não sou adepta a ler os livros de autoajuda. Da maioria os que li foram o da Isabela Freitas, que sou apaixonada e não empresto a ninguém heheheheh.
    Beijos,
    www.hitsdomomento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKK a Clara.... mas é assim mesmo quando gostamos de alguns livros estes ficam guardadinhos hein, também tenho alguns assim, sempre volto e os leio mais.
      Abraços

      Excluir
  4. Sempre achei que conselhos não são motivos fortes o suficiente para nos fazer decidir algo extremamente importante ou melhorar de uma crise subitamente. Acho que isso parte da pessoas; conselhos apenas ajudam :)
    De qualquer forma, gostei das sua indicações. Não são muitos os livros de autoajuda que eu leio, mas tento dar uma chance.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana, como diz o ditado popular, se fosse bom não seria dado heim.
      Abraços e obrigada pela presença por aqui.

      Excluir
  5. Preciso dizer que os livros da Isabela não se encaixam nem de longe nesse gênero. Muita gente confunde, mas não é. Os livros dela são histórias compartilhadas. São inspirações para nós aprendermos e entendermos o valor do amor próprio. De qualquer forma, são dois livros incríveis ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estranhei Kelly quando o vi na lista, mas não pude discutir pois não os li ainda, ansiosa estou, mas estou com uma lista de outros na fila.
      Obrigada pela colocação.
      Abraços

      Excluir
  6. Não consigo ler nenhum livro desse gênero, acho que se eu lesse ficaria piro do que o motivo que me fez realmente querer ler algo desse tipo, e além do mais acho que a leitura não iria fluir comigo e iria acabar abandonando.
    Beijos
    http://leitoraemsagas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Luciana, cada um tem seu estilo de leitura né, alguns até que consegui ler, mas outros também não tive muito sucesso.
      Abraços

      Excluir
  7. Super concordo com a frase, e com tudo!!
    http://meigaeso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lidiane fico feliz com sua presença por aqui, fique a vontade no meu cantinho.
      Abraços

      Excluir
  8. Já li os da Isabela Freitas, não considero totalmente auto ajuda, mas não posso negar que me identifico bastante com as histórias desses livros. Já ouvi falar no Augusto, mas nunca li nada dele.

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda, não tive oportunidade de ler os da Isabela, os do Augusto já li alguns e como costumo dizer, depende muito da situação que estamos vivenciando para o livro agradar ou não.
      Abraços e obrigada pela presença por aqui.

      Excluir
  9. Acho que depende,não sei se concordo com a frase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Laysa, verdade, as vezes encontramos uns conselhos que fazem a diferença né. Obrigada pela presença por aqui.
      Abraços

      Excluir
  10. sou completamente contra livros de autoajuda. Sou o tipo de pessoa que jamais procuraria e encontraria saída em livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angelica, realmente a opinião em relação a este gênero é variado e quando fui buscar informações sobre o assunto percebi isto, quem ama, ama mesmo, e tem os que não gostam.
      Abraços

      Excluir
  11. Nunca li nenhum livro de auto ajuda. Mas ainda tenho tempo. Sobre os da Isabela Freitas, nao sei porque, mas não tenho nenhum interesse nos livros dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Thamyres, é isto mesmo, cada um tem suas preferências e identificações com os livros, não li os da Isabela ainda.
      Abraços

      Excluir
  12. Minha opinião sobre a frase é que depende de quem está dando o conselho! Kkk.
    Só li um livro de autoajuda na minha vida e ele era completamente irônico, mas no momento estou à procura de livros desse gênero e seu post me ajudou muito!


    Me chama de Bella
    Isabella Proença

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Isabella que pude ajudá-la, espero que consiga um livro bem legal.
      Abraços

      Excluir
  13. Eu li: Não se Apega, Não e até que gostei hehe. Dizem que esse outro, sobre Ansiedade, do Augusto Cury é muito bom também.
    Sabe, cada um deve ler aquilo que tem vontade, o importante é exercitar a leitura, sempre.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Paty leitura é sempre bom, melhor ainda quando identifica com o seu gênero preferido.

      Abraços

      Excluir
  14. Oi, então, eu leio bastante e particularmente não gosto dos livros de autoajuda. Já tentei ler vários, mas não é um tipo de leitura que me agrada. No entanto, percebi que você colocou livros do Augusto Cury, AMO os livros dele, mas de forma alguma os considero como autoajuda e até mesmo o próprio autor não considera seus livros assim, mas também não se importa que eles entrem nesta categoria. Leio os livros dele como leio qualquer outro livro...

    Esse da Isabela Freitas, não sabia que era um autoajuda, até tenho certa vontade de conhecer o conteúdo dos livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maryanne, o importante é ler não é mesmo e de preferência ler o que gosta e os de auto ajuda tem disso, que gosta ama e quem não gosta nem chega perto kkk
      Coisas da leitura.
      Abraços

      Excluir
  15. Eu, particularmente, nunca li nenhum livro neste estilo. Eles não me cativam de nenhuma forma. De todos que colocou, eu prefiro os da Isa. Apesar de discordar que eles são de autoajuda, mas sim de inspiração. Enfim, rs. ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andressa, não conheço ainda os da Isabela mas pretendo lê-los brevemente.
      Obrigada pela presença por aqui, bjs

      Excluir
  16. Reconheci muitos dos citados mas não li nenhum. Talvez lesse o da Mágica da Arrumação, pra ver se consigo tomar vergonha na cara e consigo engrenar e parar de procrastinar! (se é que o livro trata disso mesmo) hahahaha
    Ótimas dicas!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Verdade Tais, precisamos de uns incentivos assim né kkkk obrigada pela presença por aqui e volte sempre.
      Abraços

      Excluir
  17. Minha mãe comprou o livro "Nunca desista de seus sonhos" e nunca leu haha
    Nunca me interessei muito por livros do gênero, mas eu decidi dar uma chance a ele, e gostei bastante (e a leitura foi rápida, porque ele é pequeninho). Dos que você citou, só tenho vontade de ler o da Isa, mas não acho que seja de autoajuda. Whatever!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sara, dê uma bronca em sua mãe por mim, kkkk como compra um livro e não ler, hummmm.
      Não li o da Isabela ainda, também estou ansiosa para lê-los.
      Abraços

      Excluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  19. Eu já li o monge e o executivo, adorei.. Adoro a Isabela, ela sempre arrasa, os livros dela pra mim são como conselhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice gostei muito do Monge e o Executivo também, acho que todos deveria lê-lo.
      Abraços

      Excluir
  20. Não sou muito de ler livros, mas amei suas dicas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Simara, é por que você não encontrou o livro ainda, quando encontrar este perceberá que ler é muito bom. Mas tenho certeza que tem outras opções maravilhosas de curtir heim.
      Abraços

      Excluir
  21. Não gosto de livros de autoajuda e jamais leria um (nem pra faculdade que era obrigatório eu li). Ficaria super paranóica! E realmente é curioso a forma que isso tomou.. Existem inúmeros livros né?!
    Parabéns pelos posts e pelas dicas!
    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk é quem gosta do estilo/gênero do livro é até melhor não ler ou detestaria outras leituras.
      Abraços e obrigada pela presença por aqui.

      Excluir
  22. Confesso que não curto muito livros desse gênero hehe Já li o Nunca Desista dos Seus Sonhos e até que gostei :) Mas não tenho interesse em ler outros :/
    Beijão <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana, bom que tenha gostado pelo menos de um, mas este gênero é assim mesmo, quem gosta, ama, quem não gosta, sai de perto.
      Abraços

      Excluir
  23. Não é o tipo de livro que eu gosto de ler, mas existem alguns títulos muito bons.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  24. Não sou muito fã de livros assim, mas os da Isabela Freitas são maravilhosoooos!

    ResponderExcluir
  25. Eu não costumo ler livros de auto ajuda, mas alguns me parecer ser muito bons e tenho até curiosidade de ler!

    Beijos

    http://www.senhoritamarmelada.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por participar e contribuir com o incentivo a leitura.